Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
PREFEITURA MUNICIPAL DE PACAEMBU
PREFEITURA MUNICIPAL DE PACAEMBU
Data: 01/08/2018 Hora: 09:43:36
Saúde se prepara para vacinação antirrábica de cães e gatos

No início desta semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Pacaembu, através do serviço de Informação, Educação e Comunicação (IEC) informou que no próximo mês será realizada no município a Campanha de Vacinação Antirrábica, que visa a imunização de caninos e felinos domésticos contra a raiva.
Conforme o IEC, a campanha será realizada já a partir da primeira quinzena de agosto e já está com as datas da vacinação definidas.
Segundo informado, a vacinção se dividirá em dois períodos, nos quais as equipes da Saúde Municipal buscarão vacinar animais alocados na área urbana e zona rural.
De acordo com o que foi detalhado, em um final de semana, nos dias 18 e 19, sábado e domingo respectivamente, algumas das equipes se concentrarão na vacinação de animais na área urbana e para tanto, as equipes se dividrão em locais e horários distintos para ampliar o alcance da campanha. 
Já entre os dias 13 e 24 de agosto, num período de duas semanas, outras equipes farão a vacinação na zona rural.
Contudo, o IEC informou que neste ano, haverá mudança quanto ao organograma de vacinação nas áreas da zona rural, porém, esclareceu que deverá detalhar as mudanças nos próximos dias, quando da aproximação do início da campanha.
Da mesma forma, serão divulgados os pontos e horários de vacinação na área urbana.
De antemão, a Saúde ressaltou a importância dos proprietários de cães e gatos levarem seus animais de estimação para receberem a dose da vacina.
"A raiva é uma doença transmissível tanto de animal para animal quanto de animal para o ser humano e é caracterizada pelo contágio direto. Neste caso, por meio da mordida, arranhões ou lambedura de cães, gatos ou morcegos infectados", explica a pasta.
A Secretaria não informou se há uma estimativa de quantos animais atualmente vivem no município. 
Conforme a pasta, o trabalho alusivo à campanha será executado pelos agentes do setor de Vigilância Epidemiológica.

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro